Dez para as seis




Acordar às dez para as seis da manhã rende. Rende uma vista, pela janela do quarto, de um dia entreaberto, meio claro, meio escuro. Rende um cafézinho quentinho e um silêncio que diz muito. Rende boas cinco ou seis folhas de resumo de minha leitura. Rende um banho de creme nos cabelos. Rende uma brecha de sol por entre as folhas da mangueira da casa vizinha. Rende mais umas xícarazinhas de café. Rende os desejos de feliz aniversário ao amigo. Rende a esperança de um ótimo dia de trabalho. Rende as primeiras linhas escritas neste ano.

Renata Pires Rocha,
Ando rendendo muito mais.


Instagram | twitter | facebook & facebookpinterest |snapchat {meurrelicario} 

5 comentários

Obrigada pela visita e pelo comentário.
Deixe sua URL junto ao comentário para que eu possa retribuir o carinho em seu blog! ♥