DLT: Extraordinário [mais que extraordinário!]

Desafio Literário do Tigre: no mês de fevereiro, o tema é “Julgando pela capa”. 
Como falar de um livro que você tanto amou? De um personagem que conseguiu mexer tanto com você a ponto de te fazer sorrir, chorar, querer brigar com tudo e todos que o deixava triste e defende-lo de todas as maneiras? 

Confesso que quando me interessei pelo livro, foi apenas pela capa bonitinha, nem a sinopse eu havia lido. Mas sabia que iria me encantar, o motivo eu não sei, e tenho que dizer que foi muito além da minha expectativa! Eu me sentia tão próxima de Auggie, que era como se fizesse parte de sua família, do seu grupo de amigos (ou pelo menos gostaria de ser). Eu ficava ali, observando-o, acompanhando seus passos, suas escolhas, dizendo pra ele ser forte, aguentar firme que no fim tudo daria certo. 

Eu sei que pode parecer utópico a gente dizer que o preconceito um dia terá fim, mas o importante é nunca parar de lutar (e acreditar), e August sabe fazer isso muito bem mesmo nos momentos de fraqueza, de tristeza. Ele nunca desiste. Um garoto de apenas 10 anos que nos passa uma grande lição de vida. 
“Mamãe e papai também não me acham comum. Eles me acham extraordinário. Talvez a única pessoa no mundo que percebe o quanto sou comum seja eu. Aliás, meu nome é August. Não vou descrever minha aparência. Não importa o que você esteja pensando, porque provavelmente é pior.”

Em ''Extraordinário'' temos a estória de um garoto de dez anos que por ironia do destino e culpa da ciência, nasceu com uma síndrome genética muito rara que causou deformidade de grande proporção ao seu rosto. 
Por onde passa, Auggie é vitima de olhares e comentários maldosos, o que o fez estudar sempre em casa. Auggie também já passou por diversas cirurgias ao decorrer dos anos com intuito de ''melhorar'' sua fisionomia, por isso sempre precisou de cuidados extremamente especiais. 

Com humor cativante, narrativa leve e simplista, o garoto nos conta seu dia-a-dia, seu convívio com a família, o amor pela cachorrinha, descobertas, amizades, consciência de si mesmo e um passo importantíssimo para sua vida, o dia em que finalmente vai a escola tentar ser um garoto normal quando tem tudo para ser anormal. 

Além da narrativa de August, o livro também é dividido por perspetivas de outros personagens que contam como é participar da vida do garoto.

Personagens que nos mostram que a beleza exterior não influencia no amor que sentem por Auggie. Eles narram com tanta leveza e bom humor, que as vezes até nos esquecemos que pelo ponto de vista da ciência, ele não é um garoto normal. Se esse foi o intuito da autora, posso dizer com todas as palavras que ela conseguiu muito bem transmitir sua mensagem e encantar seus leitores. 
''Se cada pessoa nesse auditório tomar por regra que, onde quer que esteja, sempre que puder, será um pouco mais gentil que o necessário, o mundo realmente será um lugar melhor.''  

Adorei acompanhar a evolução de August, o impacto que ele causa na vida das pessoas próximas e do apoio que sua família lhe oferece. É muito bonito ver o companheirismo deles, e que além de protetores, seus pais o apóiam a cada decisão, respeitam suas vontades e os entende sempre que possível. Adorei também sua relação com a irmã, que é uma fofa.

Algo que também me chamou bastante atenção foi o professor Browne e seus preceitos. Os preceitos funcionam assim: Os alunos recebem uma frase por mês com o propósito de pensar e discutir sobre algo que pode melhorar a vida dos alunos e as pessoas ao seu redor. 

Resumindo, Extraordinário é aquele livro que te emociona e que te mostra como pequenas ações podem mudar a vida de alguém. Que as vezes uma palavra gentil e um sorriso gentil pode mudar completamente o dia de uma pessoa. Por vezes me perguntei se algum dia não já trombei com um August por aí e nem liguei. É bom quando você lê algo que abre seus horizontes e faz você enxergar a vida de uma maneira mais bonita.  

Um comentário

Obrigada pela visita e pelo comentário.
Deixe sua URL junto ao comentário para que eu possa retribuir o carinho em seu blog! ♥